Tag Archives: Autoestima

Exercício para a autoestima #3

FacebookTwitterGoogle+Compartilhar

Bom dia!

Vamos para o terceiro exercício para a autoestima? Bom, sugiro que você tenha um caderno de anotações, pois agora você vai investir no seu autoconhecimento.  Este é o seu momento! Sempre releia suas anotações. Faça o exercício pelo menos uma semana (7 dias seguidos) e, se sentir necessidade, faça-o por mais tempo.  Não desista de se tornar um pessoa melhor a cada dia! Inscreva-se também no canal do YouTube e ajude o Diário a ajudar mais pessoas! Continue reading »

Exercício para a Autoestima (1)

Quem topa participar de um exercício? Mas, caso aceite, gostaria que me falasse sobre os seus resultados (diariamente, se possível) – aqui mesmo nos comentários mesmo.

Não há mágicas, apenas uma forma diferente de pensar. Só depende de você. Infelizmente, tendemos a fazer o oposto, cultivando frases mentais que alimentam os pensamentos negativos. Mas VAMOS FAZER DIFERENTE. Agora, gostaria que você pensasse positivo. Vamos?

Leia em voz alta (preferível) ou na sua mente (em silêncio). E repita estas frases:
________________________________________________
A partir de hoje, eu vou dar valor ao que sinto…
A partir de hoje, eu vou valorizar minha voz interna…
A partir de agora, eu vou cultivar bons pensamentos…
A partir de agora, eu vou me tratar muito bem…
A partir deste instante, eu reconheço que MEREÇO o melhor…
A partir deste instante, eu deixo meu amor interno falar…
A partir deste exato momento eu me sinto melhor.
A partir deste exato momento EU POSSO ser quem eu desejo ser.

A partir de hoje, eu vou dar valor ao que sinto…
A partir de hoje, eu vou valorizar minha voz interna…
A partir de agora, eu vou cultivar bons pensamentos…
A partir de agora, eu vou me tratar muito bem…
A partir deste instante, eu reconheço que MEREÇO o melhor…
A partir deste instante, eu deixo meu amor interno falar…
A partir deste exato momento eu me sinto melhor.
A partir deste exato momento EU POSSO ser quem eu desejo ser.

A partir de hoje, eu vou dar valor ao que sinto…
A partir de hoje, eu vou valorizar minha voz interna…
A partir de agora, eu vou cultivar bons pensamentos…
A partir de agora, eu vou me tratar muito bem…
A partir deste instante, eu reconheço que MEREÇO o melhor…
A partir deste instante, eu deixo meu amor interno falar…
A partir deste exato momento eu me sinto melhor.
A partir deste exato momento EU POSSO ser quem eu desejo ser.
________________________________________________

Faça esse exercício de manhã e de noite por uma semana (7 dias). Aqui, neste grupo, VOCÊ PODE SE PERMITIR a cultivar seus melhores pensamentos.

Quem topa fazer o exercício mental?

EU ACREDITO EM VOCÊ!

Abraço a todos,

Mariza Matheus


PS: esse exercício foi elaborado por mim, com minha experiência em psiquiatria, PNL e Psicologia Positiva. Caso deseje reproduzí-lo em seu site, favor colocar os créditos do Diário da Autoestima e Mariza Matheus (médica psiquiatra).

Continue reading »

A arte de não adoecer – vídeo com o texto do Dr. Dráuzio Varella

Essa semana nós vamos refletir sobre esse texto do Dr. Drázio. Com grande sabedoria que ele compartilha seus conhecimentos e eu gostaria, junto com você, de fazer uma reflexão.

Caso você não consiga visualizar o vídeo, clique aqui. 

Uma excelente semana a todos!

Mariza Matheus

Desafio do Diário da Autoestima (1)

Hoje gostaria de fazer um desafio para você. Não será fácil, pois ressaltar as qualidades é o que muitas pessoas não fazem. Aqui não é para você “ficar metida(o)” e sim mudar o foco do olhar dos defeitos para as suas qualidades. Todos nós temos qualidades, mas estamos acostumados a enxergar aquilo que não gostamos em nós mesmos. Participe!

Assista o vídeo abaixo e deixe seu comentário! Muito obrigada!

Ah, estou no Instagram também @diarioautoestima. Continue reading »

Não alimente suas mágoas

Sabe aquela plantinha que cresce à medida que você rega? Agora imagine essa plantinha sendo o seu pensamento. Imaginou? Que tipo de planta você pretende que floresça no seu jardim mental? Erva daninha (pensamentos negativos)? Claro que não!

Quanto mais você regar suas mágoas e decepções, maiores elas ficarão. Ah, Mariza, mas eu devo ignorar quando alguém me fizer mal? Bom, depende. Não dá para eu te pedir para ignorar completamente, pois você é humano(a) e vai sofrer sim. Poxa! Puxaram seu tapete e você espera que eu escreva para você fingir que nada aconteceu? Não! Mas, porém, contudo, todavia e entretanto… (pausa para o uso excessivo do português)… Sofra com o tempo limitado e não eternamente. Você se decepciona e sofre. Fato! Agora, manter e regar esse sofrimento diariamente aí você vai se prejudicar muito… MUITO MESMO! Não faça isso com você!

Minha preocupação aqui é com VOCÊ! Quero te ver bem e não alimentando um sofrimento, ok? Se estiver muito difícil superar essa dor sozinha(o), busque ajuda, mas não dê espaço (na sua mente) para quem já provou que não merece sua confiança, muito menos você gastar energia com ela(e).

Manter um ódio à uma pessoa ou fato é o mesmo que manter essa pessoa/situação com você, bem pertinho, vivo, cheio de cores! Pense nisso.

Muitos bons pensamentos a todos…

Mariza Matheus

Sigam-me no Instagram!!! @diarioautoestima ou

no Youtube: Diário da Autoesitma.

Muito obrigada!

 

Imagem: George Hodan (Public Domain Pictures)

Quando a vida lhe der um “não”… agradeça.

Imagem: Public Domain Pictures (George Hodan)Parece muito antagônico o título, concorda? Como assim agradecer um “não”? Eu não!! Mas lembre-se que muitos “nãos”  da vida nos trouxeram onde estamos hoje. Nem sempre um “não”  é o fim, pelo contrário, pode ser o começo de uma nova jornada. Quando você receber seu próximo “não”, uma porta fechada, um desvio no olhar…siga em frente e perceba que talvez seja a hora de fazer diferente, de buscar novos projetos, novas oportunidades, novos amigos, relacionamento, etc. Nem sempre o que queremos é o que realmente precisamos. Pense nisso. Muitas vezes só nos resta agradecer, pois poderemos ver que, no futuro, foi melhor ter recebido aquele não do passado.

Continue reading »

Como falar sobre mau hálito com alguém de seu convívio

60 Lábios

Public Domain Pictures (Talia Felix)

Recebi um email de uma leitora perguntado sobre este assunto. Bom, sabemos que é um tema muito delicado e não é fácil falar com alguém sobre isso. Muitas vezes, ao abordarmos o assunto, a pessoa com mau hálito se sente ofendida e pode levar o seu aviso (“toque”) para o lado pessoal e criar uma situação constrangedora entre vocês. Mas como falar isso para alguém? Se for alguém estranho você pode simplesmente não precisar ter que tocar no assunto, mas e se for alguém próximo, com quem você tem convivência e proximidade (intimidade)? Lembre-se que mau hálito nem sempre está relacionado com falta de higiene. Pode ter relação com a má alimentação, jejum prolongado e/ou regimes radicais. De qualquer forma é sempre bom conversar com seu dentista para descartar se seu mau hálito tem relação com placas bacterianas ou não. Ah, Mariza, mas eu NÃO TENHO mau hálito! Como você tem tanta certeza disso? E se você tem um conhecido querendo te dar esse toque? Bom, eu visito minha dentista sempre e tento, além da higiene, não fazer jejum prolongado. Mas vamos supor que não tem nenhuma relação com você ou comigo, como abordar esse assunto com outra pessoa sem magoá-la ou impactar negativamente em sua autoestima? Abaixo colocarei algumas sugestões. Caso você tenha mais sugestões, por favor, escreva no comentários. Continue reading »

Carma

Carma

Carma (do sânscrito कर्म, transi. karma. Em páli,  kamma. Ambos os termos significam, literalmente, “ação”) é um termo de uso religioso dentro das doutrinas budista, hinduísta, janista e teosófica. Em cada uma dessas doutrinas, o termo tem um sentido próprio. No hinduísmo, “carma” refere-se ao efeito que nossas ações geram em nosso futuro, tanto nesta como em outras vidas, após eventuais reencarnações. No budismo, o termo se refere às nossas intenções, que podem ser boas, más ou neutras. Boas intenções geram bons frutos, más intenções geram maus frutos. E é a intenção nossa de continuar a existir que nos levaria, após a nossa morte, a reencarnarmos em outros corpos. Considera-se que, ao gerar carma, os seres ficam presos ao ciclo de reencarnações (samsara) e que a última meta da prática budista é extinguir o carma e, desse modo, libertar-se do ciclo de reencarnações. Dentro da teosofia, o termo está ligado ao sentido de saga, do “dever a ser cumprido no ‘sou'” (Fonte: Wikipédia). Continue reading »

Cada um tem seu ponto de vista. Respeite!

ponto de vista

Essa imagem já circulou muito no Facebook, Sempre muito compartilhada. Minha dúvida é se realmente as pessoas respeitam o ponto de vista do outro. Pois parece que cada pessoa quer insistentemente mostrar a sua verdade, esquecendo que o outro pode estar certo também. Dependendo do ponto de vista, cada um tem sua verdade. Que tal se aprendermos a ver com o olhar do outro? Assim, muitas discussões podem ser evitadas e muitos outros pontos de vistas podem até nos ajudar a entender melhor um determinado conceito. Ou seja, quando estamos abertos a escutar a opinião alheia, caso essa não seja algo muito antagônico, podemos aprender e ter melhores conclusões em nossas próprias questões e opiniões.

Continue reading »