Por que julgar o outro pela aparência?

FacebookTwitterGoogle+Compartilhar

rp_1.jpgSó quem já foi julgado sabe como é constrangedor ser desvalorizado pela a aparência. Recebo relatos sobre tal situação e sempre fico indignada, pois já devíamos ter evoluído, não? O ser humano ainda se prende a padrões mesquinhos (na minha opinião) e se sente no direito de julgar o próximo em decorrência de  sua cor, raça, cultura, por ter um nariz fora do padrão, por ser baixo demais, alto demais, muito magro, muito obeso, etc. Basta ser diferente de um padrão estabelecido por uma sociedade rígida que logo alguém é julgado. É como se a pessoa fosse errada por ser diferente. Diferente do quê? Quem determina como devemos ser? O mundo é tão grande e cheio de diversidade que isso sim é o normal. Por que não podemos enxergar o outro apenas por sua essência?

Recentemente, vi uma postagem no Facebook que achei muito interessante. Neste postagem havia vários esqueletos e, abaixo de cada um, uma legenda (negro, branco judeu, católico, mulher, homem, magro, obeso, etc). Somos todos iguais. Pronto! Agora cabe cada um de nós respeitar o próximo. Não adianta ficarmos indignados com quem julga se nossa mente é preconceituosa! Vamos fazer a nossa parte. Um primeiro passo seria tratarmos todos da mesma forma, pois, ao sentirmos realmente que somos iguais uns aos outros, agiremos como tal.

Não julgue! Lembre-se que atrás de um julgamento tem alguém que sofre as consequências.

Um mundo melhor com pessoas melhores para todos nós…

Mariza

One thought on “Por que julgar o outro pela aparência?”

  1. Leonardo

    Querendo ou não você tirou minutos do seu tempo para escrever algo sobre esse assunto e eu agradeço pelo trabalho, obrigago.
    Não estou feliz, pois o primordial que é poder sair na rua e ir a lugares sem ser apedrejado ainda não mudou, mas estou parcialmente menos triste pelo trabalho que teve e isso eu agradeço.
    Algo que esqueci de falar e que talvez a M e qualquer pessoa que esteja nessa situação é que no final de ano, nas festas é um dos piores momentos para gente como nós, pois parece que o mundo e as pessoas bonitas estão em festa e comemorando enquanto agente fica apenas em casa com as memórias do que aconteceu quando achamos que tinhamos o direito de nos divertir como todo mundo.
    Esses julgamentos por conta da aparência acaba por impedir que nós possamos nos divertir e viver a vida plenamente, pois não sendo masoquistas sair para lugares se torna torturante por conta de olhares de desprezo e chacotas e com o tempo agente acaba deixando de ir em lugares porque sabemos como vai ser.
    É uma vida cortada ao meio e por algo que não tive a menor culpa, mas enfim acho que estou enchendo, mas agradeço mesmo assim os posts e os comentários.
    Obrigado.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>