“Já tenho quase 30 anos e ainda não me casei!”

FacebookTwitterGoogle+Compartilhar

Essa frase escutei de uma amiga muito especial. Uma mulher linda, inteligente e gentil. Por que esse medo? Muitas mulheres têm esse medo. Deixa eu repetir: MUITAS MULHERES CARREGAM ESSE MEDO!

 

Escuto relatos de mulheres inteligentes, bonitas, bem sucedidas, com queixas de que estão ficando “pra titias” e um medo crescente de que vão “falhar” nesta área. Há dois anos escrevi um texto sobre “Eu sei que sou feia” e a maioria dos comentários eram de mulheres com mutia baixa autoestima e colocando o fator “beleza” como prioridade para ser feliz. Primeiro, beleza é relativo, pois o que é bonito para mim não significa ser bonito para você. Agora vamos concordar que uma mulher que se ame e se valorize é sim um sinal de beleza. A beleza é composta por um conjunto, como o físico, o mental, os gestos, etc. Se você não tem a cara da Gisele Bündchen, saiba que muitas, mas muitas mulheres também não se parecem com ela e nem por isso não são bonitas.

Quando eu me formei (há 15 anos) atendi uma paciente com obesidade mórbida, hipertensa e com problemas cardíacos. Essa paciente era viúva e tinha 3 ou 4 filhos (não me recordo exatamente). Ao conversar com a paciente eu a achei encantadora. Uma mulher de fibra, com uma fala meiga e com histórias fascinantes. No final da consulta ela queria me apresentar seu marido (segundo casamento). Lembro-me de ter ficado surpresa pois eu ainda tinha pensamentos arraigados da sociedade (de que mulheres fora de um “padrão” não conseguiriam ter relacionamentos). Seu marido era um homem muito bonito (também me referindo aos padrões da sociedade) e principalmente dava para ver que ele era muito feliz ao lado de sua companheira. Naquele dia ficou claro para mim que a beleza não é só estética, e sim um conjunto. O que essa paciente tinha de especial que a deixava uma mulher linda? Ela tinha autoestima. A autoestima ilumina uma mulher, chama a atenção das pessoas. Não importa se você ;e baixinha, alta, gorda ou magra, se você tiver uma boa autoestima não tem como você ser uma mulher feia. Entende? Agora se você se olhar no espelho e ficar apenas ressaltando os defeitos e repetindo constantemente como se acha feia, como acha que as pessoas vão te ver?

“Ah, mas eu sei que sou feia! Todo mundo me fala isso!”

Todo mundo te acha feia? Espera um pouco, como assim? Será que esse seu mundinho não está muito restrito e a “feiúra” está no modo como você se olha e sente? Nós refletimos EXATAMENTE o que achamo sobre nós mesmos. Pense nisso. A beleza tem que começar de dentro.

Mas Mariza, fugimos do assunto. O que a beleza tem a ver com o medo de ficar sozinha?

Tem a ver que muitas mulheres condicionam sua beleza ao fato de encontrar ou não alguém. Esquecem do fundamental, tornarem-se mulheres interessantes. Esqueçam a idade! A mulher pode casar com a idade que quiser! Não fiquem presas a um padrão pré-estabelecido de que precisa casar antes dos 30, ter filhos antes dos 35, ser magra, etc. Se você ficar alimentando esse medo de ficar só diariamente, vai deixar de viver sua vida intensamente. Cuidado para não cair na armadilha do próprio medo, onde o mesmo pode te deixar carente e entrar em relacionamentos destrutivos.

Valorize-se! Você não tem uma bola de cristal para te dizer o futuro. Então viva o seu presente da melhor maneira possível. Pois ficar ruminando no medo de ficar só é fazer o seu presente viver na solidão.

Um forte abraço a todos,

Mariza

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>