Como falar sobre mau hálito com alguém de seu convívio

FacebookTwitterGoogle+Compartilhar
60 Lábios

Public Domain Pictures (Talia Felix)

Recebi um email de uma leitora perguntado sobre este assunto. Bom, sabemos que é um tema muito delicado e não é fácil falar com alguém sobre isso. Muitas vezes, ao abordarmos o assunto, a pessoa com mau hálito se sente ofendida e pode levar o seu aviso (“toque”) para o lado pessoal e criar uma situação constrangedora entre vocês. Mas como falar isso para alguém? Se for alguém estranho você pode simplesmente não precisar ter que tocar no assunto, mas e se for alguém próximo, com quem você tem convivência e proximidade (intimidade)? Lembre-se que mau hálito nem sempre está relacionado com falta de higiene. Pode ter relação com a má alimentação, jejum prolongado e/ou regimes radicais. De qualquer forma é sempre bom conversar com seu dentista para descartar se seu mau hálito tem relação com placas bacterianas ou não. Ah, Mariza, mas eu NÃO TENHO mau hálito! Como você tem tanta certeza disso? E se você tem um conhecido querendo te dar esse toque? Bom, eu visito minha dentista sempre e tento, além da higiene, não fazer jejum prolongado. Mas vamos supor que não tem nenhuma relação com você ou comigo, como abordar esse assunto com outra pessoa sem magoá-la ou impactar negativamente em sua autoestima? Abaixo colocarei algumas sugestões. Caso você tenha mais sugestões, por favor, escreva no comentários.

  • Antes de mais nada, converse com a pessoa em particular. Não fale sobre mau hálito na frente de outras pessoas para não constrangê-la.
  • Seja sincero e mostre sua verdadeira intenção em querer o bem dessa pessoa e que entende ser um assunto delicado, mas que você não quer que ela passe por alguma situação constrangedora.
  • Explique que como vocês são amigos/namorados/parentes/etc, sentiu-se na liberdade de falar sobre assunto.
  • Não rodeie muito ao abordar esse assunto. Vá direto ao ponto, pois começar uma conversa sobre o tempo, depois sobre o trabalho e por último e “cheio de dedo” falar sobre o mau hálito pode ser pior e deixar a pessoa desconfiada antes mesmo de você chegar na questão.
  • Não faça piadinhas ou dê apelidos. Por mais amigos que sejam, corre o risco de ofender o outro.
  • Fale que você sabe que nem sempre mau hálito é questão de falta de higiene e que pode sim ter relação com a má alimentação, jejum prolongado ou regimes radicais. Se falar somente sobre falta de higiene a pessoa pode interpretar sua fala como algo pejorativo e acabar se ofendendo.

Há aplicativos que enviam um email para a pessoa que está com mau hálito. Você pode mandar de forma anônima, mas acho essa abordagem muito fria e o fato de ser anônimo, essa pessoa pode acreditar que todos à sua volta sentem o mesmo. Ou seja, esse aplicativo pode ter um efeito de bullying e não de ajuda. Então pense muito bem antes de participar de um aplicativo desses.

Lembre-se que a pessoa com mau hálito pode ter baixa autoestima e não receber bem sua abordagem. Assim, tente ser o mais delicado e se coloque no lugar da pessoa. Como você gostaria que abordassem esse assunto com você? Talvez você seja mais “despachado” e levaria na brincadeira, mas nem todas as pessoas reagem da mesma maneira.

Uma excelente noite a todos,

Mariza Matheus

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>